terça-feira, 27 de julho de 2010

É você, só você.


É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias, me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos, ilumina o caminho por onde eu passo todos os dias. É agora que eu quero dividir com você tudo o que houver no meu, no nosso caminho daqui pra frente. Quero cada passo teu junto ao meu e poder acordar sempre calma e sorrindo. "Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã e tudo chegará no tempo certo. Mas e o dia de hoje?" Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar. Não negue, tenha coragem, venha comigo. É preciso muita coragem pra se arriscar num futuro incerto. Não quero e não posso esperar. Tenho tudo dentro de mim e uma "almanaque" só sabe viver presentes. Sem esperar, sem amarras, sem receios, sem cobertas, sem sentido, sem passado.
Eu queria mesmo, era assinar um contrato com Deus: se eu nunca mais olhar pra homem nenhum no mundo, será que Ele deixa você ficar comigo pra sempre? (...) Eu só vejo você me trazendo felicidade. Se puder, não tenha medo não, venha comigo. Arrisque uma felicidade extrema do meu lado. É só isso que eu tenho a te pedir.
Isabella Mattos

Um comentário: